segunda-feira, 30 de janeiro de 2012

Matrículas em escolas do interior começam nesta segunda-feira

Matrículas em unidades do interior têm início nesta segunda-feira (Foto: Ilustração)
Entre os documentos a serem apresentados pelos alunos, pais ou responsáveis, estão carteira de identidade, CPF e histórico escolar


O processo de matrícula nas escolas públicas estaduais localizadas no interior do Estado terá início nesta segunda-feira (30). Nas cidades interioranas, as matrículas serão realizadas no formato tradicional e os alunos, pais ou responsáveis terão até 3 de fevereiro para efetuá-las. A rede estadual possui 331 escolas, sendo 108 em Maceió e 223 nos outros 101 municípios.

De acordo com Judite Rocha, responsável pela 3ª Coordenadoria Regional de Educação (CRE), que abrange a região de Palmeira dos Índios, já está tudo pronto para o início das matrículas nas 35 escolas dos 10 municípios atendidos administrativamente pela CRE.

Já o coordenador da 6ª CRE, Luiz Ferreira dos Santos, disse que as 18 escolas que compreendem a coordenadoria, sediada em Santana do Ipanema, irão realizar as matrículas nos turnos da manhã, tarde e noite.

Documentos necessários

No ato da matrícula, o responsável legal ou o estudante maior de idade deve apresentar, obrigatoriamente, os seguintes documentos: carteira de identidade, ou documentação que a substitua (certidão de nascimento ou casamento); CPF, se possuir, e histórico escolar ou declaração da última unidade escolar em que estudou, constando a série a qual o aluno está habilitado. O original ficará na escola.

Além disso, será necessário apresentar original e cópia da carteira de identidade e CPF do responsável legal, no caso de menor de 18 anos; laudo comprobatório de deficiências declaradas (se for o caso); comprovante de residência; duas fotos 3 x 4; carteira de vacinação atualizada, para os alunos do 1º ao 5º ano; parecer descritivo e ficha individual de avaliação sobre o desenvolvimento afetivo, psicomotor e cognitivo dos estudantes concluintes do 1º ao 5º ano do Ensino Fundamental; e ficha individual, quando se tratar de transferência no decorrer do ano letivo.



Fonte: Gazeta Web / Agência Alagoas

Nenhum comentário:

Postar um comentário