sábado, 28 de janeiro de 2012

Pais ameaçam deixar filhos fora da escola

Sem vagas, secretaria matricula alunos longe de casa.


Dezenas de pais de alunos estiveram ontem na sede da Secretaria de Estado da Educação (SEE) em busca de uma solução para o problema da distância das escolas nas quais os filhos devem ser matriculados. Durante o processo de pré-matrícula on-line adotado em Maceió, os pais optavam por três unidades de ensino nas quais os filhos poderiam estudar, sendo que a terceira opção seria aquela mais distante da residência dos alunos. Ao constatarem que essa terceira opção teria sido a alternativa dada pelo Estado para matrícula, alguns pais se mostraram indignados e ameaçaram deixar os filhos fora da sala de aula. 

A manicure Claudevânia Luiz de Carvalho, 36 anos, era uma das mães revoltadas com a situação. Moradora do Jacintinho, ela reclamava que o filho dela, Bruno Lucas, de apenas 11 anos, havia sido colocado para estudar em uma unidade de ensino do Santo Eduardo. 

“Eu escolhi outras duas escolas no mesmo bairro em que moro e colocaram o meu filho para estudar no Santo Eduardo. Aqui, eles dizem que oferecem transporte escolar, mas eu não vou deixar o meu filho ir sozinho para a escola. Eu não vou fazer a matrícula dele no Conjunto Santo Eduardo de jeito nenhum. Meu filho vai ficar sem estudar”, afirma Claudevânia. 




Fonte: Gazeta de Alagoas

Nenhum comentário:

Postar um comentário