domingo, 29 de janeiro de 2012

Vasco tenta esquecer crise nos bastidores para vencer o Duque

Vários jogadores ainda não receberam salários e precisarão demonstrar superação dentro de campo


Mesmo após a vitória do último fim de semana, sobre o Americano, por 2 a 0, o clima no grupo vascaíno não é bom. Neste domingo, o Gigante da Colina jogará mais uma vez em Macaé, onde a equipe encara o Duque de Caxias, pela segunda rodada da Taça Guanabara, com uma crise iminente nos bastidores do clube.

Com os salários atrasados, o elenco do Vasco protestou durante a semana e ameaçou não se concentrar para o confronto deste fim de semana. Apesar de parte dos vencimentos ter sido paga na última sexta-feira, vários jogadores do elenco ainda não receberam seus pagamentos e precisarão demonstrar superação dentro de campo para que uma derrota não venha prejudicar ainda mais o ambiente de trabalho em São Januário.

O técnico Cristovão Borges ainda não confirmou a escalação para este confronto, mas deverá fazer apenas duas mudanças no time principal. O zagueiro Rodolfo e o volante Allan vão entrar no lugar de Renato Silva e Chaparro, respectivamente, e devem fazer parte dos onze iniciais.

No treino de sexta-feira, Rodolfo e Juninho Pernambucano foram as ausências, mas não serão problemas para este confronto. O meia Felipe, que também sentiu um incômodo durante a semana, deverá jogar normalmente.

Enquanto isso, o Duque de Caxias estreou perdendo para o Boavista de virada e quer aproveitar a possível crise instalada em São Januário para garantir os três pontos. Esta semana, a equipe reforçou o elenco ao acertar com o lateral direito Ari, e os atacantes Tiago e Watthimen, que poderão auxiliar o clube na busca de um surpreendente resultado diante do vice-campeão brasileiro de 2011. 




Fonte: Gazeta Esportiva

Nenhum comentário:

Postar um comentário