terça-feira, 28 de fevereiro de 2012

Carros caracterizados da PM são abandonados em praça na Ponta Verde

Polícia nega 'abandono das viaturas' e responsabiliza locadora de veículos


Veículos estão abandonados na Praça do Skate, na Ponta Verde  
Carros sem rodas, bancos rasgados, fiação exposta, porta-malas quebrados, placas retiradas. Essa é a situação de cinco veículos que estão ‘abandonados’ na Praça do Skate, no bairro da Ponta Verde. Eles pertencem a uma locadora e estavam a serviço da da Polícia Militar até bem pouco tempo. Os moradores reclamam que os carros estão ocupando espaços que deveriam ser utilizados pelas comunidades residencial e comercial da região e 
temem que os veículos sejam utilizados por criminosos.



Os cinco automóveis são do modelo Parati e todos têm a cor prata. Apesar da plotagem ter sido retirada, as marcas dos adesivos denunciam que a frota estava locada à Polícia Militar de Alagoas. Até os prefixos das viaturas ainda pode ser visto: 21-0730, 21-0731, 21-0732, 21-0734 e 21-0737.

O carro 21-0732 pertenceria ao Comando de Policiamento do Interior, estava cedido à 1ª Companhia Independente, situada em Paripueira. Já o 21-0734, estaria à disposição do 3º Batalhão, com sede em Arapiraca.

Antônio Amorim, gerente de vendas de uma empresa que fica na Praça do Skate, confirmou que os veículos estão ‘abandonados’ há, pelo menos, seis meses. “Até já teve dias que alguns dos carros saíram, mas voltaram logo depois. A gente não sabe dizer o porquê de eles terem sido colocados aqui. No entanto, temos a certeza que estão tirando o lugar de pessoas que precisam estacionar próximo ao local de trabalho e não podem mais fazer isso”, afirmou.

PM diz que automóveis não são mais viaturas 

A Polícia Militar informou que os carros não pertencem mais à frota da corporação. De acordo com o coronel Mário da Hora, o contrato com a empresa de locação de veículos já foi encerrado e, consequentemente, os carros não estão sendo mais utilizados pelos batalhões. “O contrato já acabou há algum tempo e, nesse caso, correto é a retirada, de imediato, das plotagens. A locadora deveria ter tido essa preocupação”, reclamou o oficial.

Segundo ele, a PM não sabia que os carros ainda tinham restos de plotagem que ligassem os veículos à corporação, todavia, ao ser informada pela Gazetaweb sobre a situação, o comadante do CPC garantiu que a polícia já havia cobrado da empresa a retirada dos adevisos. “Já fizemos isso hoje mesmo (segunda-feira) e daremos um prazo para até quarta pra que os carros estejam limpos. Caso contrário, vamos nos valer de outros meios para conseguir desfazer a ligação daqueles veículos com a Polícia Militar. Neste momento o que mais nos preocupa é a possibilidade de algum marginal furtar um dos carros, cometer o crime a suspeita recair sobre nós”, alertou Mário da Hora.





























Fonte: Gazeta Web

Nenhum comentário:

Postar um comentário