terça-feira, 28 de fevereiro de 2012

CSA: Flávio será julgado nesta quarta-feira

Caso venha a ser novamente punido, o goleiro azulino pode pegar um "gancho" maior

O goleiro Flávio vai sentar novamente no banco dos réus nesta quarta-feira, no auditório do TJD-AL, às 19h30, e o departamento jurídico do CSA entrará novamente em ação para tentar reverter a pena de 4 jogos de suspensão que o atleta recebeu pela expulsão na partida contra o CSE, na 2ª rodada da fase de classificação do primeiro turno do Campeonato Alagoano.

Na oportunidade, Flávio foi expulso pelo árbitro Francisco Carlos do Nascimento, que relatou na súmula da partida várias agressões verbais que Flávio teria desferido contra a sua honra. O goleiro azulino foi incluso no artigo 243-F do CBJD que diz: Ofender alguém em sua honra, por fato relacionado diretamente ao desporto. § 1º Se a ação for praticada por atleta, mesmo se suplente, treinador, médico ou membro da comissão técnica, contra árbitros, assistentes ou demais membros de equipe de arbitragem, a pena mínima será de suspensão por quatro partidas.

As vésperas da partida contra o CEO, na 9ª rodada da primeira fase, o departamento jurídico do CSA, através do advogado Ricardo Omena, entrou com pedido de Efeito Suspensivo sob a alegação de que não houve nenhum tipo de agressão verbal, moral ou a honra do árbitro Fracisco Carlos do Nascimento pelo goleiro Flávio, que acabou sendo concedido e o atleta foi liberado para atuar até uma nova data ser definida para julgamento.

Caso venha a ser novamente punido, o goleiro Flávio poderá pegar um “gancho” maior. Ao invés de quatro partidas que é a pena mínima no artigo que o mesmo foi incluso, poderá chegar a 6 jogos de suspensão com aumento na multa. O departamento jurídico do CSA tenta convencer o pleno e mudar o artigo onde Flávio foi incluso sob alegação de que não há provas suficientes para confirmar as agressões verbais ao árbitro Francisco Carlos do Nascimento. 






Fonte: Futebol Alagoano

Nenhum comentário:

Postar um comentário