segunda-feira, 6 de fevereiro de 2012

PRF registra redução do número de acidentes nas BRs de Alagoas em janeiro

Houve, ainda, uma diminuição de 56% do nmero de feridos


O fechamento das estatísticas de trânsito do mês de janeiro nas rodovias federais que entrecortam Alagoas trouxe para a Polícia Rodoviária Federal (PRF) boas notícias relacionadas ao início dos trabalhos deste ano. 

Apesar da tendência de crescimento dos números de acidentes, mortos e feridos, dados que geralmente acompanham o aumento da frota de veículos, houve uma diminuição considerável nos índices de sinistros e feridos, além de uma estabilização do número de óbitos.

No mês de janeiro de 2011, a PRF registrou 239 acidentes, os quais deixaram 237 pessoas feridas e outras 16 mortas nos 800 quilômetros de malha viária federal do Estado. Em 2012, no mesmo período, houve o registro de 176 acidentes, 117 feridos e 17 óbitos, o que representou um decréscimo de 26% nos sinistros e de 56% no número de feridos. Apesar do acréscimo de 6% no índice de mortos, o número indica certa estabilidade quando analisado no contexto atual.

A PRF credita as boas notícias à otimização dos trabalhos do efetivo que conta, desde meados de 2011, com a análise de estatísticas de trânsito para ajudar no planejamento das ações. Com as informações coletadas é possível saber onde e quando mais acontecem os acidentes, em quais dias da semana e em quais horários. Dessa forma, é possível direcionar melhor as equipes e o tipo de fiscalização que deve ser implementada. 




Os bons resultados já vinham sendo colhidos nos grandes feriados, como no da Proclamação da República, no Natal e no Ano Novo, quando os índices de violência no trânsito já davam sinal de diminuição. De acordo com o Superintendente da PRF em Alagoas, Inspetor Josemar Monteiro Barros, o empenho das equipes em executar o planejado foi essencial no resultado, que também deverá ser analisado através das estatísticas.




Justamente através da análise dos dados coletados em janeiro de 2012, a PRF descobriu que a sua fiscalização está ficando mais qualitativa. Apesar de, em janeiro do ano passado, mais veículos terem sido fiscalizados, 7.408 contra 5.542 neste ano, a quantidade de autos de infração extraídos aumentou de 1.296 para 1.715. Houve também um aumento na quantidade de pessoas presas, que passou de 28 para 44, e na quantidade de Carteiras Nacionais de Habilitação recolhidas, cujo registro foi de 16 em 2011 e de 37 em 2012






Fonte: Assessoria

Nenhum comentário:

Postar um comentário