sexta-feira, 3 de fevereiro de 2012

SMTT notifica centenas de contudores pelo Diário Oficial

Multas são em virtude de uma série de infrações cometidas nas ruas de Maceió; condutor sem cinto e ao telefone celular estão entre as mais comuns


A Superintendência Municipal de Transporte e Trânsito (SMTT), conforme publicação desta sexta-feira (03) do Diário Oficial do Estado, notificou centenas de condutores que circulam em Maceió, devido a infraçõesde trânsito que teriam cometido nos últimos meses. De acordo com as portarias assinadas pelo superintendente Ranilson Pedro Campos Filho, condutor sem cinto de segurança, avançar o sinal vermelho e dirigir ao telefone celular continuam entre as infrações mais comuns.

- Clique aqui e confira a lista no site da Prefeitura de Maceió.

A partir da página 11 do Diário Oficial, o condutor pode verificar cada tipo de infração, com especificações como placa do veículo automotor, nome do proprietário, data e hora em que os fiscais da SMTT teriam registrado a ocorrência. 

Segundo a Superintendência, 345 condutores avançaram o sinal vermelho nos últimos quatro meses, enquanto que outros 157 foram flagrados dirigindo sem cinto. Como se não bastasse, 371 foram notificados porque utilizavam aparelho de telefone celular ao volante, o que é expressamente proibido pelo Código de Trânsito Brasileiro (CTB) – a legislação estabelece multa de R$ 85,13, já que a infração é considerada média, com o motorista perdendo quatro pontos na Carteira Nacional de Habilitação (CNH). 

Entre outras notificações – como transitar na contramão (31 casos) –, a SMTT afirma ter registrado casos considerados atípicos, mas que também configuram infração, dentre os quais se destacam: dirigir com o braço do lado de fora (cinco casos); ter seu veículo imobilizado na via por falta de combustível (um condutor notificado); usar buzina prolongada e sucessivamente sob qualquer pretexto (quatro); e dirigir utilizando fones nos ouvidos, conectados à aparelhagem sonora (20).

As 13 páginas do Diário repletas de notificações trazem ainda infrações mais corriqueiras, apesar do alerta junto aos condutores, como estacionar em local proibido (como na vaga de idoso), dirigir sem atenção ou sem os cuidados indispensáveis à segurança (além de sem observar as normas de segurança para transporte de crianças), e dirigir ameaçando pedestres.



Fonte: Gazeta Web

Nenhum comentário:

Postar um comentário