quinta-feira, 2 de fevereiro de 2012

Temporada 2012 da F-1 começa com vários recordes a serem batidos

Números de vitórias e poles em um mesmo ano estão entre as marcas possíveis de serem quebradas na categoria


A temporada de 2011 da Fórmula 1 foi marcada pelo impressionante domínio de Sebastian Vettel. O alemão quebrou recordes e garantiu o bicampeonato com quatro etapas de antecipação. Dentre as marcas que bateu, está a de número de pole positions em um mesmo ano. Foram 15 ao todo, contra 14 de Nigel Mansell, em 1992. O piloto da Red Bull também igualou a melhor marca de pódios em uma mesma temporada: 17.

Com um novo campeonato prestes a começar, a pergunta que fica é: será que Vettel ou algum outro piloto é capaz de quebrar recordes com uma nova temporada tão soberana? Não são poucas as marcas a serem batidas. Além das 15 poles de Vettel, outro número com a posição de honra pode ser quebrado. Entre 1988 e 1989, Ayrton Senna largou em primeiro oito vezes consecutivas. Vettel foi pole nas últimas três corridas de 2011 e, se iniciar bem o ano, pode bater esse recorde.

Com relação às vitórias, o nome a ser superado é Michael Schumacher. Em 2004, o heptacampeão ganhou 13 corridas. Vettel chegou perto no ano passado, triunfou 11 vezes, mas não tirou a marca de seu compatriota. Schumacher também detém o recorde de triunfos consecutivos. Foram sete, em 2004.

Outra marca que pertence ao alemão da Mercedes e que pode ser quebrada em 2012 é a de pódios consecutivos. São 19 ao todo. Com relação a voltas mais rápidas, Alberto Ascari ostenta a marca de sete consecutivas, entre as temporadas de 1952 e 1953.

A primeira das 20 etapas da temporada acontece no dia 18 de março, na Austrália. Com a volta de Kimi Raikkonen à F1, a estreia de promessas como Jean-Éric Vergne e a expectativa de melhora de Ferrari e McLaren, o campeonato tem tudo para ser interessante. Mas os olhos ainda estarão voltados para Vettel e seu ímpeto por quebrar recordes.






Fonte: Ig 

Nenhum comentário:

Postar um comentário