quinta-feira, 12 de julho de 2012

Feira Camponesa Itinerante traz a Maceió produtos sem agrotóxicos

Em sua 2ª edição, só este ano, feira acontece no bairro do Salvador Lyra; frutas, verduras e legumes são comercializados
Feira Camponesa Itinerante traz a Maceió
produtos sem agrotóxicos 


Com o lema “Partir, colher e repartir” e uma variedade de alimentos, como frutas, verduras, tapioca e beijus, a 2ª edição da Feira Camponesa Itinerante, neste ano, teve início nesta quinta-feira (12) e se estende até o próximo sábado (15). A feira acontece no pátio da Igreja São Paulo Apóstolo, no bairro do Salvador Lyra, das 8h às 20h.

Segundo Carlos Lima, coordenador regional da Comissão Pastoral da Terra (CPT), um dos objetivos da feira é estabelecer o diálogo entre o campo e a cidade por meio da produção agroecológica dos assentados, mostrando a viabilidade e a importância da reforma agrária para a população de Maceió. 

“A feira reúne 18 famílias dos municípios de Murici, Messias, Branquinha e Água Branca. Todas passam por um processo de capacitação, onde aprendem como produzir e higienizar os alimentos, que são livres de agrotóxicos. O gostoso da feira é a possibilidade de negociação e a relação direta entre o produtor e o cliente”, disse Carlos.

Carlos Lima e Alan Balbino discutem a realização da próxima edição da Feira Camponesa Itinerante


“Na sexta-feira (13), a partir das 19 horas, vamos ter um forró pé-de-serra com o grupo ‘No Cego’, acompanhado de um bingo de uma cesta camponesa como uma forma de dialogar com a população. Já no sábado vamos encerrar às 14 horas”, emendou.


Alan Balbino, presidente do Instituto de Terras e Reforma Agrária de Alagoas – Iteral – destacou a parceria com a Feira Camponesa e ressaltou a importância da comercialização de alimentos livres de agrotóxicos a preços justos. “É importante que a população venha prestigiar e valorize a feira. Vale à pena conferir”, afirmou Alan.

Hélio Gomes, natural de Água Branca, disse que já vende os seus produtos (banana, mel e ovos de capoeira) na feira, há dois anos, e garante que o faturamento é positivo. “É muito bom participar de feiras como essa. Já vendi bastante e pretendo vender muito mais”, relatou Hélio.


   Hélio Gomes comemora vendas            




Rosivânia Lopes, moradora do Salvador Lyra, afirmou que não perde uma feira camponesa e sempre leva para casa diversos alimentos. “Eu não perco uma. É muito bom você saber que está levando para sua residência alimentos saudáveis. Eu adoro”, disse Rosivânia.

Já a pequena Ariane Kelly Lima Cavalcante, 10 anos, garantiu que adora comer frutas e quando soube da feira insistiu para que a mãe fosse. “Estou levando pêra, laranja e abacaxi. Acho que vou comprar bastante aqui”, garantiu a pequena.

Outras edições da Feira Camponesa Itinerante deverão acontecer nos meses de agosto, outubro e dezembro, nos bairros Santo Eduardo, Ponta Verde e José Tenório, respectivamente.








Fonte: GazetaWeb

Nenhum comentário:

Postar um comentário