domingo, 29 de julho de 2012

Indústrias de Mato Grosso já moeram 5,7 milhões de toneladas de cana


Moagem da cana chega aos 40% em Mato Grosso

Total representa 40% dos 14,4 milhões esperados para a safra 2012/13.
Segundo Sindalcool, indústrias não pararam atividade no estado.


A moagem da cana-de-açúcar em Mato Grosso atingiu 40% dos 14,4 milhões de toneladas projetados para 2012/13, informou ao G1 o diretor-executivo do Sindicato das Indústrias Sucroalcooleiras do estado (Sindalcool - MT), Jorge dos Santos. O percentual representa pouco mais de 5,7 milhões de toneladas já processadas.
"Diferentemente de São Paulo e do Paraná, que tiveram que interromper a safra, nós seguimos um ritmo. Nessas regiões a produção deve se normalizar somente no mês de agosto", analisa Jorge dos Santos.
A estimativa é que a produção de cana ultrapasse em 10% o ciclo passado, que foi de 13,1 milhões toneladas. Do total previsto para a safra 12/13, serão produzidos 840 milhões de litros de etanol, sendo 448 milhões de litros de anidro e 434 milhões de litros de hidratado. A produção de açúcar deve alcançar 487 mil toneladas.
"Neste ano boa parte será destinada ao açúcar, já o etanol vamos produzir a mesma quantidade do ano passado", frisou.
O volume gerado no estado é suficiente para atender a demanda interna que é de 336 milhões de litros de etanol hidratado e 122 milhões de litros de anidro, combustível que é misturado junto a gasolina. O que sobra de etanol e açúcar abastece também os estados de Rondônia, Acre, Amazona e Pará.
Preço
Entre os dias 16 e 20 de julho, o Indicador Cepea/Esalq semanal para o anidro caiu 1,48% em relação a semana anterior, com média de R$ 1,2789/litro (sem impostos). O Indicador do hidratado ficou estável (-0,01%), chegando ao valor de R$ 1,0560/litro.
Centro-Sul
A produção de cana-de-açúcar na região Centro-Sul do Brasil durante a primeira quinzena de julho atingiu 42,18 milhões de toneladas, apontou a União da Indústria de Cana-de-açúcar (Unica).
O valor é 3,94% maior em relação ao mesmo período do ano passado. Em contrapartida, o volume total da moagem desde o início da safra, em abril, recuou 24,51%, passando para 170,56 milhões de toneladas ante aos 218,28 milhões de toneladas registradas anteriormente.


Fonte: G1

Nenhum comentário:

Postar um comentário