segunda-feira, 16 de julho de 2012

Procon/AL apreende 1,5 toneladas de tinta vencida

Fiscais chegaram a venda irregular após denúncia de consumidor



Ilustração

Na manhã desta segunda-feira (16) o Procon/AL apreendeu mais de 1,5 tonelada de tintas e impermeabilizantes com validade vencida em uma loja de material de construção em Maceió. A empresa, que não teve o nome revelado, foi alvo da fiscalização após a denúncia de um consumidor.
Segundo o Procon, a loja oferecia descontos vantajosos aos clientes, mas ao observar a validade do produto, o consumidor verificava que apresentava irregularidades. Ao constatar o fato, fiscais autuaram a empresa e apreenderam as tintas. A loja foi notificada e pode também ser multada.
Os fiscais chamam a atenção dos consumidores para que fiquem atentos na hora das compras. “Nunca se deixe levar apenas pelo preço. É importante conferir a validade, a composição e a aparência do produto”, esclarece Mônica Achy, que atua na fiscalização do órgão.
A utilização de tintas e outros materiais de construção fora do prazo de validade podem gerar vários problemas. Além de ser tóxica e causar risco à saúde, a tinta fora da validade provoca gastos desnecessários à obra. A tinta pode não fixar na parede ou soltar rapidamente e os impermeabilizantes perdem todo o efeito.


Fonte: Assessoria / Primeira Edição

Nenhum comentário:

Postar um comentário