sábado, 14 de julho de 2012

Secretaria da Educação vai funcionar no Cepa a partir de segunda

Centro Educacional de Pesquisas Aplicada (Cepa)
Gabinete do secretário vai funcionar no prédio da Suepro, em frente à Escola Estadual Maria José Loureiro.



Na próxima semana, terá início a mudança da sede da Secretaria de Estado da Educação e do Esporte (SEE) para o Centro Educacional de Pesquisas Aplicada (Cepa). A partir de segunda-feira (16), a estrutura de gabinete do secretário Adriano Soares já começa a funcionar no complexo educacional, no prédio da Superintendência de Educação Profissional e Tecnológica (Suepro), em frente à Escola Estadual Maria José Loureiro.

A mudança dos demais setores da pasta será gradativa. Por enquanto, os serviços de atendimento ao público continuarão no prédio localizado na Rua Barão de Alagoas, 141, no centro de Maceió. Posteriormente, a SEE informará quais serão as unidades no Cepa onde funcionarão, provisoriamente, os demais serviços da secretaria.

A mudança é devido ao projeto de revitalização do prédio da SEE, que passará por uma reforma. Conforme a arquiteta da SEE, Maria Lúcia Lira, a revitalização do espaço proporcionará a recuperação da estrutura da unidade, garantindo um ambiente mais acessível e seguro para os servidores e aos visitantes. “O objetivo da revitalização é a garantia de uma nova sede com mais funcionalidade, acessibilidade, conforto ambiental, segurança e sustentabilidade”, afirma a arquiteta.

Com a reforma e ampliação, a nova sede contará com três elevadores para garantir uma melhor acessibilidade; instalação de câmeras de segurança externas e internas, novas catracas de entrada e saída e adequação dos espaços físicos de acordo com as funções a serem desenvolvidas. Além de serviços de pintura e jardinagem. “A recuperação estruturante da sede garantirá uma melhoria na segurança, acessibilidade, mas também uma melhoria na relação do funcionário com o ambiente de trabalho”, complementa Maria Lúcia.

Sustentabilidade

O projeto de revitalização da unidade tem a proposta de oferecer serviços mais sustentáveis como a captação de águas pluviais para a utilização nos banheiros, irrigação dos jardins e limpeza; instalação do programa de eficiência energética, entre outras ações.


Fonte: Assessoria / Primeira Edição

Nenhum comentário:

Postar um comentário