segunda-feira, 20 de agosto de 2012

Alagoas recebe R$ 10 milhões para combate aos efeitos da seca

Anúncio do crédito foi feito nesta segunda-feira (20), durante reunião extraordinária do Comitê de Combate aos Efeitos da Seca


Alagoas recebeu, nesta segunda-feira (20), na conta única do Estado, um montante de R$ 10 milhões para minimizar os efeitos da estiagem que, este ano, atingiu 36 municípios, principalmente na região do Alto Sertão. Os recursos foram creditados pelo Governo Federal, por meio da Secretaria Nacional de Defesa Civil (Sedec).
Os recursos foram disponibilizados para ações emergenciais de socorro e serão utilizados na contratação de máquinas para limpeza de barreiros e compra de bagaço de cana e milho para o consumo animal. O objetivo é beneficiar cerca de 200 mil pessoas, incluindo os pequenos produtores que tiveram prejuízos com o prolongamento da seca este ano.
O anúncio do crédito foi feito durante reunião extraordinária do Comitê de Combate aos Efeitos da Seca, realizada na Secretaria de Estado da Agricultura e do Desenvolvimento Agrário (Seagri). Criado pelo governador Teotonio Vilela com a finalidade de coordenar e fiscalizar ações emergenciais, estruturantes e de apoio ao agricultor e ao pecuarista, o comitê reúne-se semanalmente para avaliar o encaminhamento dos planos de trabalho.
“Com o dinheiro já na conta do Estado, temos que agilizar os planos de trabalhos já elaborados pelo comitê para utilizá-los no prazo de 90 dias”, informou o secretário-executivo da Defesa Civil estadual e membro do comitê, coronel Gilson Romeiro.
Além dos R$ 10 milhões liberados nesta segunda-feira, devem ser creditados ainda – também por parte do Governo Federal – R$ 2,240 mi voltados a ações no trabalho de convivência com a seca, a exemplo de teste de vazão de 27 poços artesianos; implantação e recuperação de cisternas e poços e aquisição de dessalinizadores.
Santana do Ipanema
O coronel Gilson Romeiro revelou também que, no próximo dia 30 de agosto, toda a estrutura do comitê – que se reúne na Sala de Situação da Seagri – será transferida para cidade de Santana do Ipanema, no Alto Sertão alagoano.
“O objetivo é levar à população do próprio município, aos prefeitos de cidades no entorno e às autoridades locais a apresentação de um amplo relatório de tudo que tem sido feito pelo comitê até o momento, como uma espécie de prestação de contas”, explicou.
Na ocasião, deverão ser distribuídos folhetos com explicações sobre as ações que estão sendo feitas pelo comitê no enfrentamento da situação e os benefícios, com medidas como o programa Garantia Safra, Bolsa Estiagem, carros-pipa e as linhas especiais de crédito disponíveis para os produtores rurais para amenizar os prejuízos.     


Fonte: Agência Alagoas

Nenhum comentário:

Postar um comentário