quarta-feira, 1 de agosto de 2012

Equipe verifica cumprimento de condicionantes nas obras do canal do sertão

Adriano Augusto, diretor-presidente do Instituto
 do Meio Ambiente (IMA), participou da vistoria surpresa
no Canal do Sertão
O monitoramento é feito com frequência para garantir a redução dos impactos ambientais e a preservação da caatinga



Técnicos do Instituto do Meio Ambiente (IMA) fiscalizam o andamento das obras do Canal do Sertão, de hoje até a próxima sexta-feira (03). A equipe da Diretoria de Monitoramento e Fiscalização (Dimfi), responsável pelo Documento de Origem Florestal (DOF), deve percorrer dois trechos abertos para construção e verificar o cumprimento das condicionantes, dentro do que prevê a legislação ambiental.
Essa semana a equipe fará vistorias em duas áreas específicas, para verificar se há cumprimento das condicionantes dadas ao projeto junto com a licença ambiental específica. No trecho três os técnicos devem observar itens como a destinação das pedras resultantes das escavações e fazer registro fotográfico das áreas de caatinga que ainda serão suprimidas. No trecho dois também serão feitos registros, só que da retirada dos rejeitos e da reposição de vegetação. “A condicionante implica o replantio de dois por um de caatinga retirada”, explica Geovana Andrade, engenheira ambiental.



O trabalho de monitoramento e fiscalização é constante, equipes de diferentes diretorias do IMA se revezam no acompanhamento. São observados aspectos como a supressão da vegetação e a destinação dos rejeitos. Além disso, o Herbário também realiza o levantamento florístico da região. Para tanto, o IMA possui um escritório localizado no canteiro central de obras.



Fonte: IMA / Primeira Edição

Nenhum comentário:

Postar um comentário