quarta-feira, 1 de agosto de 2012

Governador de Alagoas poderá ter o mandato cassado nesta quarta-feira


O governador de Alagoas, Teotônio Vilela Filho, é destaque em sites nacionais pela má conduta durante a sua campanha a reeleição em 2010. Por isso, ele corre o risco de ser cassado pelos ministros que compõem o Tribunal Superior Eleitoral (TSE), que irão se reunir no plenário para analisar o processo referente ao pedido de cassação do chefe do executivo estadual.
Informações de bastidores dão conta de que Vilela teria usado recursos públicos dos governos estadual e federal para distribuir cestas básicas a mais de 200 famílias nas cidades de Colônia de Leopoldina, e Novo Lino sem a existência de nenhum programa social.
Em fevereiro, o tribunal aplicou uma multa de R$ 5.320,00 ao governador e a seu vice, José Thomaz Nonô (DEM), por veicular nos meios de comunicação ações do governo para recuperar bens danificados pelas enchentes que atingiram Alagoas em junho de 2010.
De acordo com o relator do recurso, ministro Arnaldo Versiani, o executivo alagoano divulgou quatro inserções a mais do que lhe foi permitida.
Trocou ovelhas por votos
Em dezembro de 2011, Teotônio foi condenado a pagar uma multa no valor de R$ 10 mil por distribuir 1,6 mil ovelhas as vésperas das eleições. 



Fonte: Terra

Nenhum comentário:

Postar um comentário