segunda-feira, 6 de agosto de 2012

Greve dos fiscais federais agropecuários em Alagoas

Em todos os estados do Brasil a greve conta com a maioria absoluta dos fiscais e, em Alagoas, tem uma participação de cerca de 90% dos fiscais

Os Fiscais Federais Agropecuários do Ministério da Agricultura em Alagoas aderiram a greve nacional, decretada por tempo indeterminado, a partir de hoje, dia 06/08/2012. A categoria reivindica remuneração por subsídio, reposição salarial, realização de concurso público, pois afirma que há uma carência de cerca de 1.500 profissionais em todo pais, ocupação dos cargos comissionados por funcionários da carreira pelo critério da meritocracia. 

Em todos os estados do Brasil a greve conta com a maioria absoluta dos fiscais e, em Alagoas, tem uma participação de cerca de 90% dos fiscais. Estão parados todos os serviços dos Fiscais do Ministério da Agricultura, inclusive aqueles ligados à exportação e importação de produtos agropecuários.

A greve tem o apoio da CUT/AL e dos sindicatos filiados.Em nota do Sindicato dos Urbanitários de Alagoas trabalhadores afitmama que greve dos Fiscais Federais Agropecuários começou porque o Governo Federal quebrou o compromisso, no processo de negociação, quando suspendeu uma audiência que estava marcada para o dia 25/07/2012, no Ministério do Planejamento.






Fonte: Assessoria / GazetaWeb

Nenhum comentário:

Postar um comentário