segunda-feira, 13 de agosto de 2012

Juíza eleitoral solicita envio de tropas federais para Rio Largo


A juíza da 10ª Zona Eleitoral, Luciana Cavalcanti de Mello Sampaio, solicitou ao Tribunal Regional Eleitoral de Alagoas (TRE/AL) o envio de tropas federais para auxiliar na eleições municipais deste ano. O pedido foi recebido no gabinete da Presidência do TRE nesta segunda-feira (13) e será encaminhado para a análise do governo estadual.
No ofício encaminhado ao presidente do TRE/AL, desembargador Orlando Monteiro Cavalcanti Manso, a magistrada expõe a atual situação política do município, que recentemente teve o então prefeito e mais nove vereadores presos, acusados de envolvimento em diversos ilícitos penais, tendo sido afastados do exercício do mandato eletivo.
A juíza Luciana Sampaio ainda destacou, no pedido, que tanto o prefeito afastado, Antônio Lins de Souza Filho, quanto a atual prefeita em exercício, Maria de Fátima Correia Costa, requereram o registro de suas candidaturas para as próximas eleições.
“A conjuntura fática aqui delineada, demonstra de maneira irrefutável, que a “animosidade” inerente ao processo eleitoral tende a alcançar a cidade de Rio Largo, com a proximidade do pleito, níveis intoleráveis e talvez, incontroláveis, sendo certo, ademais, que a instabilidade polítoca pela qual passa o município já vem sendo o tema principal das correntes partidárias locais”, explicou a juíza eleitoral da 10ª Zona.
Outros fatores também foram destacados pela juíza no pedido de envio de tropas federais: insuficiência de contingente policial militar e a grande quantidade de locais de votação espalhados em extensa área territorial, que seriam obstáculos para a eficiente atuação da Justiça Eleitoral, comprometendo, até, o livre exercício do voto, da normalidade da votação e da apuração dos resultados.



Fonte: Primeira Edição

Nenhum comentário:

Postar um comentário