quinta-feira, 27 de setembro de 2012

Greve dos bancários chega ao fim e agêcias reabrem hoje

Categoria, que paralisou por oito dias, aceitou reajuste salarial de 7,5% e aumento de 8,5% do piso salarial e dos auxílios-refeição e alimentação.

Os bancários das instituições privadas e públicas retornam ao trabalho nesta quinta-feira (27), em Alagoas. Reunidos sem assembleia na noite de ontem, eles decidiram acabar com a greve que começou na terça-feira da semana passada (18).
A categoria aceitou a proposta da Federação Nacional dos Bancos (Fenaban) que prevê reajuste salarial de 7,5%, aumento de 8,5% do piso salarial e dos auxílios-refeição e alimentação. Determina também aumento de 10% para a parcela fixa da Participação nos Lucros e Resultados (PLR).
Os funcionários do Banco do Brasil (BB) e da Caixa também fizeram assembleias para analisar as propostas específicas feitas pelas duas instituições públicas e concordaram com a proposta dos bancos e também voltam ao trabalho nesta quinta-feira.
O pessoal da Caixa permanece paralisado em São Paulo, Brasília, Rio de Janeiro, Belo Horizonte, Porto Alegre, Pará, Ceará, Bahia e Sergipe.
Os dias de greve não serão descontados dos bancários, mas terão de ser compensados. A reivindicação dos bancários era anistia, mas a Federação Nacional dos Bancos (Fenaban) não aceitou e apresentou a mesma regra do ano passado de compensação até 15 de dezembro, diz a Contraf.
Assim, os dias parados serão compensados em, no máximo, duas horas por dia, de segunda a sexta-feira, exceto sábados, domingos e feriados. O que ultrapassar esse período não será considerado.



Fonte: Primeira Edição

Nenhum comentário:

Postar um comentário