quarta-feira, 31 de outubro de 2012

Enem 2012: perguntas e respostas


No próximo fim de semana, 5,7 milhões de estudantes participam do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). No sábado (3), primeiro dia de provas, os candidatos vão responder a questões de ciências humanas e ciências da natureza. No domingo (4), serão aplicadas as provas de linguagens e códigos e de matemática. Além disso, no último dia do exame, o aluno fará a redação, que vale 50% da nota total.
Confira a lista que a Agência Brasil elaborou com as respostas para as principais dúvidas sobre o exame.
  
*O Enem serve para quê?
O exame avalia os conhecimentos dos estudantes que concluem o ensino médio e é usado como parte do processo seletivo de diversas de instituições de ensino superior públicas e privadas.
As universidades e faculdades podem tanto usar o Enem em substituição ao vestibular quanto considerar a nota no exame para concessão de bolsas do Programa Universidade para Todos (ProUni) e ingresso de candidatos pelo Sistema de Seleção Unificada (Sisu).
*Quando será o Enem?
As provas serão realizadas nos dias 3 e 4 de novembro. Os portões de acesso serão abertos ao meio-dia e fechados às 13h (horário de Brasília). A recomendação do Ministério da Educação (MEC) é que todos os candidatos cheguem ao local das provas até as 12h. Os alunos devem ficar atentos ao relógio nos estados em que há mudança de fuso horário ou que estão fora do horário de verão. O MEC orienta o candidato a verificar, com antecedência, no site do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais (Inep), o local de prova. Também é importante conhecer o trajeto até o local antes do dia do exame.
*Qual o conteúdo cobrado?O Enem é composto por quatro provas objetivas, com 45 questões cada, e uma redação.
No sábado (3 de novembro) serão aplicadas as provas de ciências humanas e suas tecnologias e ciências da natureza e suas tecnologias.
No dia seguinte, os alunos farão provas de linguagens, códigos e suas tecnologias, matemática e suas tecnologias e a redação.
*Quantas horas o estudante tem para terminar a avaliação?No primeiro dia de provas, os participantes terão quatro horas e meia para responder a todas as questões. No domingo, quando é realizada a redação, o tempo é estendido em uma hora. Com isso, os inscritos terão cinco horas e meia para realizar o exame.
*O que o aluno deve fazer para descobrir o local de prova caso não tenha recebido o cartão de confirmação?
O MEC orienta o candidato a verificar o local de prova na página do Inep.
*A prova só pode ser feita por quem está concluindo o ensino médio este ano?Não. A prova pode ser feita por qualquer pessoa que já tenha concluído o ensino médio ou esteja terminando este ano. O exame não é obrigatório, mas aumenta as chances de acesso ao ensino superior já que muitas universidades usam a nota no Enem como critério de seleção.
*Quantas universidades e institutos federais de ensino aceitam o Enem como forma de ingresso?
Ao todo, são 95 instituições, incluindo 38 institutos federais.
*O que levar no dia da prova? E o que é proibido?Cada participante deve ter em mãos caneta esferográfica de tinta preta, fabricada em material transparente. O uso de lápis, borracha e lapiseira não é permitido.
*O que pode eliminar o candidato durante a prova?Qualquer espécie de consulta ou comunicação com outro participante, o uso de lápis, lapiseira, borracha, livros, manuais, impressos, anotações, óculos escuros e quaisquer dispositivos eletrônicos, como celulares. O candidato também será eliminado se deixar a sala de provas antes de completar duas horas do início do exame.
Os participantes só podem levar para casa os cadernos de questões nos últimos 30 minutos de prova. Os três últimos candidatos presentes na sala de provas só são liberados juntos.
*Quais documentos precisam ser apresentados para fazer a prova?
É necessário apresentar um documento de identificação original com foto, que pode ser a carteira de identidade, emitida por Secretaria de Segurança Pública, Forças Armadas, Polícia Militar ou Polícia Federal; identidade expedida pelo Ministério das Relações Exteriores para estrangeiros;  identificação fornecida por ordens ou conselhos de classe, que por lei tenham validade como documento de identificação; Carteira de Trabalho e Previdência Social; certificado de reservista; passaporte; ou Carteira Nacional de Habilitação com foto.
Em caso de perda de documento de identificação, o participante deve apresentar boletim de ocorrência com data de, no máximo, 90 dias antes da prova.
* O que o participante tem que observar quando receber as provas?Os cadernos são apresentados em cinco cores diferentes: azul, amarelo, branco, rosa e cinza. Antes de iniciar a prova, o candidato deve verificar se o caderno contém a quantidade de questões indicadas no cartão de respostas.
*O que é cobrado na redação?A redação deve ser um texto dissertativo-argumentativo de, no máximo, 30 linhas. O participante deve desenvolver uma reflexão escrita sobre um tema que estará descrito na prova, de ordem política, social ou cultural.
A nota da redação representa 50% do resultado total. O candidato ficará sem nota na redação em caso de:
- Fuga ao tema: não atender à proposta solicitada ou desenvolver outra estrutura textual que não seja a do tipo dissertativo-argumentativo;
- Folha em branco: entregar a folha de redação sem texto escrito;
- Texto insuficiente: escrever apenas (até) sete linhas;
- Cópia dos textos motivadores: não desenvolver argumentos próprios;
- Usar termos chulos ou obscenos;
- Preencher o espaço destinado à redação com desenhos;
- Desrespeitar os direitos humanos.
*Quando saem os resultados?Os gabaritos das provas objetivas serão divulgados na página do Inep no dia 7 de novembro de 2012.
Os participantes podem acessar os resultados individuais do Enem 2012 no dia 28 de dezembro de 2012, com o número de inscrição e senha ou CPF e senha.



Fonte: Agência Brasil

Com feriado de Finados, hotelaria de Alagoas tem 92% de ocupação, diz ABIH-AL

Com o feriado de Finados se aproximando, a movimentação fica intensa em Alagoas. Segundo dados da Associação Brasileira da Indústria de Hotéis (ABIH-AL) cedidos à Secretaria de Estado do Turismo, a ocupação hoteleira fica em torno de 92% nos hotéis associados. Muitos empreendimentos estão com 100%.
Segundo Danielle Novis, secretária de Estado do Turismo, a boa ocupação é resultado do trabalho de divulgação e promoção do destino Alagoas, além da captação dos novos voos regulares diários, como os da Avianca, que atuam em Maceió com os mercados emissores de turistas, como Rio de Janeiro, São Paulo e Brasília.
A maioria dos hotéis passará o período de 02 a 04 de novembro com 100% de ocupação. Para Danielle, esse é um reflexo do fortalecimento do destino perante o mercado regional e nacional. “Estamos trabalhando para que cada vez mais turistas venham passar os feriados e férias em Alagoas. Os números mostram que o trabalho em conjunto com os empresários e prefeituras vem rendendo excelentes resultados para o turismo alagoano”, destaca.
Outro motivo que confirma a ocupação é a realização de dois eventos no Centro de Convenções, no período de 31 de outubro a 03 de novembro, o XIV Congresso da Sociedade Brasileira de Cirurgia Bariátrica e Metabólica e o IV Congresso Panamericano para Tratamento do Diabetes Mellitus, que reúnem cerca de 2.000 participantes.
 “A procura pelo destino Alagoas é cada vez maior. As operadoras de turismo e companhias aéreas estão aumentando a oferta de pacotes e assentos, e mesmo com o aumento no número de leitos na rede hoteleira, a ocupação têm mantido uma média alta de ocupação”, de acordo com o presidente da Associação Brasileira da Indústria de Hotéis de Alagoas (ABIH-AL) e do Maceió Convention (MC&VB), Glênio Cedrim.
Ocupação nos litorais
Segundo o presidente da Associação dos Empreendedores do Litoral Sul (Assert Sul), Bepe Guedes, a média de ocupação na região de Lagoas e Mares do Sul é de 70%, mas garantiu que a procura está grande e a expectativa é que aumente. Já a região da Costa dos Corais, segundo Vergínia Stoldoni, presidente da Associação do Trade Turístico de Maragogi e Japaratinga (Ahmaja), a ocupação nos empreendimentos associados, que contabilizam cerca de 3 mil leitos, chegará a 80%.


Fonte: Primeira Edição

Taxa de desemprego volta a ficar estável e registra 10,9% em setembro


A taxa de desemprego voltou a ficar relativamente estável no mês de setembro, aponta levantamento divulgado hoje (31) pelo Departamento Intersindical de Estatísticas e Estudos Socioeconômicos (Dieese) e pela Fundação Sistema Estadual de Análise de Dados (Seade).
A Pesquisa de Emprego e Desemprego (PED) revela que a taxa passou de 11,1% em agosto para 10,9% no último mês, em seis regiões metropolitanas e no Distrito Federal. Na apuração de agosto, o índice havia registrado leve alta, passando de 10,7%, em julho, para 11,1%, interrompendo quatro meses de relativa estabilidade.
Em setembro, o nível de ocupação teve leve aumento de 0,4%. Foram criados 82 mil postos de trabalho, o que supera o contingente de pessoas que ingressaram na força de trabalho. A população economicamente ativa (PEA) nesse período foi contabilizada em 22,526 milhões, um incremento de 40 mil pessoas na comparação com agosto. Houve redução, portanto, do número de desempregados, passando de 2,487 milhões em agosto para 2,445 milhões no último mês.
Entre as regiões metropolitanas analisadas, a taxa de desemprego apresentou comportamento diferenciado. Foi registrada pequena elevação apenas no Recife, passando de 12,3% para 12,6%. Houve redução no Distrito Federal (de 12,6% para 11,9%), Fortaleza (de 9,4% para 8,7%) e São Paulo (de 11,6% para 11,3%). Em Belo Horizonte (de 5,2% para 5,1%) e Salvador (de 18,8% para 19%), a taxa manteve-se relativamente estável. Em Porto Alegre, o índice manteve-se em 6,9%.
Assim como o Dieese e a Fundação Seade, o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) divulga levantamento mensal sobre o desemprego no país. No entanto, as taxas apresentadas nas duas pesquisas costumam ser diferentes devido aos conceitos e metodologia usados.
Entre as diferenças está o conjunto de regiões pesquisadas. A PED, feita pelo Dieese e pela Fundação Seade, não engloba o número de desempregados da região metropolitana do Rio de Janeiro. Na Pesquisa Mensal de Emprego (PME), do IBGE, não incluí Fortaleza e o Distrito Federal.

Fonte: Agência Brasil

Hemoal faz coleta de sangue nesta quarta na Ponta Verde

Doação de sangue

Para garantir sangue em quantidade necessária à demanda transfusional do feriadão de Finados, que acontece na próxima sexta-feira (2), o Hemocentro de Alagoas (Hemoal) realiza coleta externa nesta quarta-feira (31). A ação acontece até às 16 horas, em frente ao Colégio Santa Úrsula, localizado no bairro Ponta Verde, em Maceió.
Para se candidatar à doação de sangue, o voluntário deve estar em perfeito estado de saúde e portando um documento de identificação com foto. Ele também deve comprovar que possui no mínimo 16 anos de idade e peso igual ou superior a 50 kg. Estarão impossibilitados de doar, àqueles que não preencham esses pré-requisitos e sejam portadores do vírus HIV ou que já foram acometidos por sífilis, Chagas e, após os dez anos de idade, tenham contraído hepatite.
O candidato à doação deve estar bem alimentado e, no caso dos menores de 18 anos, é necessário estar acompanhado dos pais ou portando um documento de identificação oficial e original dos responsáveis, além de uma autorização formal, cujo formulário pode ser baixado no site www.saude.al.gov.br/hemoal. Já quanto às mulheres, não é permitida a doação para àquelas que estejam grávidas ou amamentado.
Para os voluntários que não possam comparecer ao bairro Ponta Verde, é possível realizar a doação de sangue no Hemoal Trapiche, situada na Rua Dr. Jorge de Lima, próximo ao Estádio Rei Pelé, ou na unidade Hemoal Farol, localizada no Hospital do Açúcar. No interior do Estado, as doações devem ser realizadas no Hemocentro Regional de Arapiraca (Hemoar), que funciona de segunda a sexta-feira, no horário das 8h às 12h e das 14h às 18h, na Rua Geraldo Barbosa, no Centro de Arapiraca.


Fonte: Primeira Edição

Presidente do Incra chega a Alagoas sob críticas dos movimentos sociais

Imagem: Internet

O presidente do Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra), Carlos Guedes de Guedes, chegou nesta terça-feira (30/10) a Alagoas para participar de um seminário reunindo todos os superintendentes do órgão no Nordeste. Embora o foco da visita e do seminário seja a discussão das ações do programa Brasil Sem Miséria, Guedes de Guedes era esperado também na reunião do Comitê de Mediação de Conflitos Agrários, no mesmo dia.
Contando com a participação dos movimentos sociais, o comitê reúne sob a coordenação do Governo do Estado de Alagoas os diversos órgãos estaduais e federais que se relacionam com a Reforma Agrária, além da presença do Centro de Gerenciamento de Crises e Direitos Humanos da Polícia Militar e de representação do Tribunal de Justiça. Através desta mediação, tem ocorrido interferências para dirimir as tensões, com vistas a aquisições de algumas terras.
Para José Roberto Silva, da Direção Nacional do Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST), existe um temor de que estas reuniões, envolvendo tanto instâncias nacionais como locais, estejam servindo apenas para resolver o imediato, enquanto adiam a resolução estrutural. “Pensando nas áreas emblemáticas, eu confesso que tínhamos esperança de resolver por aqui neste comitê, mas não vai haver mediação se a única alternativa for a de sair de áreas onde se vive há mais de oito anos”, afirmou.
José Roberto e as demais lideranças presentes se referiram a quatro fazendas consideradas pelos movimentos e pelo Incra como focos de conflito agrário: São Sebastião (hoje acampamento São José), São Simeão (sede), Bota Velha e Cavaleiro. Apesar das promessas de assentamentos em algumas regiões do Estado, através de nova modalidade de aquisição de terras, os conflitos entre acampados e donos de terras nessas áreas específicas não tem perspectiva de terminar.
“As ameaças já voltam a chegar no acampamento São José, numa região onde a média é de um assassinato de liderança Sem Terra a cada 4 ou 5 anos. Estamos apreensivos e sabemos que é por causa desta fazenda”, alerta José Roberto. “O dono já quis vender, mas desistiu porque recebe suporte de um grupo político de latifundiários da região. Se não foi possível a resolução do conflito pela primeira via de chamada pública, que seja, portanto, decretado interesse social da fazenda”,conclui.
Com a negativa de resolução de conflitos em diversas das áreas mais emblemáticas ocupadas pelos movimentos de luta pelo direito ao acesso a terra no Estado, a insatisfação com a política de Reforma Agrária da Presidenta Dilma dá o tom da estada dos superintendentes esta semana. Uma manifestação com mais de 250 famílias de trabalhadores rurais foi preparada para esta quarta-feira (31/10), às 9h, em frente ao Banco do Brasil, na rua do Livramento (onde estarão as autoridades, no Centro de Maceió).
O edital para oferta e aquisição de terras lançado pelo Incra em 10/08, recebeu formalmente duas propostas de oferta, já efetuados os pagamentos e iniciados os processos de assentamento.
Outras cinco ofertas estão em processo de oficialização em regiões distintas do Estado, com orçamento já sinalizado pelo presidente do Incra. Entre os anúncios previstos para esta semana com a reunião da cúpula do Incra no Nordeste, está o de início de processos de desapropriação de todos os imóveis de Alagoas que constam na lista suja do trabalho escravo.


Fonte: Primeira Edição

Tribunais não conseguem eliminar processos anteriores a 2007


 A Constituição garante a todos os cidadãos a duração razoável de processos na Justiça mas, na prática, é comum encontrar casos que se arrastam há décadas sem solução. Nos últimos anos, o Conselho Nacional de Justiça (CNJ) vem monitorando e incentivando o desfecho desses processos por meio de metas anuais de julgamento, mas elas dificilmente são cumpridas.
O quadro voltou a se repetir em 2011. Segundo dados inéditos consolidados pelo CNJ, 73,3% dos tribunais brasileiros não conseguiram cumprir a meta para o julgamento de todos os processos recebidos até dezembro de 2006, a chamada Meta 2. Nas justiças do Trabalho, Eleitoral e Militar, o prazo era dezembro de 2007.
Segundo o conselheiro responsável pela divulgação do estudo, Guilherme Vasi Werner, é preciso levar em conta que a solução dos processos antigos nem sempre depende só do Judiciário. “Há casos complexos que ainda não estão prontos para julgamento ou que têm espaço para muitas etapas processuais, como no direito empresarial ou de família”.
O CNJ não tem o levantamento dos processos mais duradouros do país, mas no Supremo Tribunal Federal (STF), que não entrou no estudo do conselho, o caso mais antigo é de 1969. Atualmente sob relatoria da ministra Rosa Weber, o processo da área de direito civil envolve a anulação de ato jurídico e tem a União como autora. O último andamento ocorreu no dia 30 de janeiro de 2012.
Os juízes não são obrigados a julgar processos por ordem cronológica, o que colabora para que eles fiquem esquecidos nos gabinetes. Werner ressalva, no entanto, que nenhum tribunal ou vara passa por problemas sérios em gestão de estoque. “O CNJ invoca os tribunais a fazer o acompanhamento e a fazer com que os juízes identifiquem os processos mais antigos e deem prioridade a eles”.
Segundo Werner, os atrasos em tribunais mais movimentados também devem ter valor relativo. “Em um tribunal onde a taxa de congestionamento é grande, isso certamente afeta o cumprimento da Meta 2 [que trata dos processos antigos]”. A separação de metas de acordo com o porte do tribunal foi uma inovação introduzida apenas em 2012.
O excesso de processos em circulação explica, em parte, o desempenho de tribunais como os de São Paulo e Minas Gerais na liquidação de processos anteriores a dezembro de 2006, com taxas de 66% e 50%, respectivamente. Mas não explica porque o Piauí, considerado de pequeno porte pelo CNJ, julgou apenas 13,6% da meta sobre processos antigos, enquanto outros tribunais da mesma categoria, como o do Amapá ou o de Roraima, cumpriram mais de 95% do esperado.
Os 22 tribunais que conseguiram cumprir 100% da meta pertencem às justiças do Trabalho, Militar e Eleitoral. Na Justiça Federal, a média entre as cinco regiões ficou em 88,7%, e entre os tribunais superiores, apenas o Superior Tribunal de Justiça e o Superior Tribunal Militar apresentaram dados, com 89,9% e 97,5% de conclusão da meta, respectivamente.
O conselheiro Werner informa que, apesar da dificuldade no cumprimento das metas, elas continuarão a ser renovadas e reforçadas anualmente pelo CNJ, pois são um parâmetro de avaliação e incentivo à magistratura. A Meta 2 de 2012 e 2013, no entanto, foi reformulada, com faixas variáveis entre tribunais e tipos de Justiça.

Fonte: Agência Brasil

terça-feira, 30 de outubro de 2012

Ariadna diz que vai processar quem a chamar de transexual


Ariadna fez um protesto em seu Twitter, nesta terça-feira (30).

A ex-BBB explodiu e disse que não aguenta mais ser diferenciada pelos meios de comunicação como “a transexual”.
riadna fez a cirurgia para a mudança de sexo antes de entrar no Big Brother (Globo).
— Meu nome não é transexual, meu nome é Ariadna Thalia da Silva Arantes. A partir de hoje, quem não me respeitar como tal vai levar processo. Mereço respeito.
Para mostrar sua indignação, Ariadna publicou em seu Twitter, uma foto da certidão de nascimento, mostrando que é mulher. 
 
— Sou ser humano igual a todos. Não vou mais admitir ser diferenciada por transexual. Tenho nome e só quero respeito.
Ariadna agradeceu o carinho dos que apoiaram sua decisão e respondeu aos ataques na rede social.


Fonte: R7

Governo firma 20 parcerias para produção nacional de medicamentos e vacinas

Os ministros da Saúde, Alexandre Padilha; do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior, Fernando Pimentel; e da Ciência, Tecnologia e Inovação, Marco Antônio Raupp, anunciam nesta quarta-feira (31), durante a 3ª Reunião do Comitê Executivo e Conselho de Competitividade do Complexo da Saúde (Gecis), medidas de fortalecimento do Complexo Industrial da Saúde. Entre elas, a assinatura de 20 parcerias para a produção nacional de medicamentos e vacinas.





Fonte: Assessoria / Mais.al

Lojas do Centro de Maceió abrem nesta sexta

Lojas funcionam em horário normal, das 8 às 14 horas


Imagem: Primeira Edição/Arquivo

A Aliança Comercial informa que as lojas do Centro de Maceió abrirão em horário especial nesta sexta-feira, 02 de novembro, feriados de Finados. Das 9h às 14h, o comércio estará aberto, incluindo os grandes magazines. O reforço da Polícia Militar para o feriado já está confirmado.
No sábado (03), as lojas funcionam em horário normal, das 8h às 14h.



Fonte: Primeira Edição / Assessoria 

Venda do Rock in Rio Card termina em 52 minutos

80 mil bilhetes foram colocados à venda nesta terça-feira (30). Quem não conseguiu o cartão pode tentar comprar ingresso a partir de abril.


Mensagem na página do site
O site oficial do Rock in Rio informou que esgotaram os 80 mil Rock in Rio Card, cartão que equivale um ingresso para o festival de 2013. A venda do lote, que começou no primeiro minuto desta terça-feira (30), durou apenas 52 minutos depois, embora nem todas as atrações tenham sido divulgadas.
Quem não conseguiu o cartão ainda pode tentar comprarum ingresso a partir de abril, informa mensagem no site do festival.
Para a edição do Rock in Rio 2013, o bilhete terá o valor de R$ 260 (inteira) e R$130 (meia-entrada). Não haverá cobrança de taxa de conveniência.
Assim como na edição de 2011, quando o cartão foi vendido pela primeira vez no Brasil, quem adquiriu o produto pode escolher em qual data pretenderá usá-lo, antes que a venda oficial de ingressos seja aberta ao público em geral. A escolha poderá ser feita entre 1º de fevereiro e 1º de abril de 2013.
O pagamento pode ser feito por cartão de crédito (VISA, Mastercard, Diners, Aura ou American Express), e o valor pode ser parcelado em até 4 vezes. A entrada para o Rock in Rio permite acesso a todas as áreas e atrações da Cidade do Rock.
O Rock in Rio Card chegará via Correios em uma caixa personalizada no endereço indicado no momento da compra do produto.
O Rock in Rio 2013 será realizado nos dias 13, 14, 15, 19, 20, 21 e 22 de setembro, na Cidade do Rock (Parque dos Atletas), na Zona Norte do rio de Janeiro.

Bruce Springsteen, Metallica, Iron Maiden, George Benson, Ivan Lins, Sepultura e Tambores do Bronx já estão confirmados como algumas das atrações do ano que vem.
Diferentemente de 2011, quando cerca de 100 mil pessoas circularam pela Cidade do Rock por dia, na próxima edição a capacidade do espaço será reduzida para 85 mil pessoas.



Fonte: G1

TIM volta a comercializar chips em Alagoas


A 18ª Vara da Fazenda Pública Estadual da Capital revogou a liminar que suspendia a venda e habilitação de novas assinaturas da TIM em Alagoas. Com a decisão, nesta segunda-feira (29), os mais de 3,1 mil pontos de vendas da operadora em todo o estado - entre lojas próprias, revendas, grandes varejistas e pequenos comerciantes - voltam a atender à população. A operadora trabalha agora na atualização dos sistemas para que, gradativamente, todos os seus canais estejam aptos a fazer ativações de novas linhas.
“Alagoas é um estado de grande importância para a TIM, por isso temos trabalhado fortemente para aprimorar a qualidade da cobertura e apresentado de forma transparente a evolução dos investimentos realizados. O retorno às vendas nos motiva a reafirmar o compromisso de melhoria contínua na prestação dos serviços com o objetivo principal de garantir a máxima satisfação  dos usuários alagoanos”, ressalta Mario Girasole, Vice Presidente de Assuntos Institucionais e Regulatórios da TIM Brasil.
A determinação da Justiça foi baseada na avaliação do laudo técnico apresentado pela TIM, dando conta da efetiva ampliação da sua rede em Alagoas, em 2012. De acordo com nota divulgada pela assessoria de comunicação da TIM, de janeiro a outubro, a companhia cumpriu 93% do Plano de Ampliação apresentado para o ano, tendo instalado 717 TRX (equipamentos responsáveis pelo escoamento do tráfego) nos municípios contemplados no referido Plano.
Além dos municípios inicialmente previstos no planejamento, a TIM beneficiou, conforme a assessoria, outras seis localidades, instalando nestas mais 44 TRX, e prevê, ainda, implantar outros 36 TRX em mais cinco municípios, incrementando em 35% o Plano inicialmente apresentado.
"Essas iniciativas ampliaram a capacidade da rede da TIM no estado, que cresceu 95% entre 2010 a 2012, tornando perceptível, aos clientes alagoanos, a melhoria na qualidade das chamadas e tráfego de dados", diz a nota. 


Fonte: Primeira Edição

segunda-feira, 29 de outubro de 2012

Banco Central anuncia sistema de pagamento via celular

Ilustração

O presidente do Banco Central, Alexandre Tombini, anunciou nesta segunda-feira a criação do Sistema de Pagamento Móvel, que permitirá fazer transferências e pagamentos pelo celular.

Ao lado dos ministros Paulo Bernardo (Comunicações) e Tereza Campello (Desenvolvimento Social), ele defendeu a adoção de medidas para facilitar o acesso de pessoas que hoje estão fora do sistema financeiro como importante para a atuação do BC e o controle da inflação.
"Em uma sociedade plenamente incluída financeiramente, oscilações nas taxas de juros tendem a ter implicações mais fortes na expansão ou retração da demanda agregada facilitando e reduzindo o custo do controle da inflação", enfatizou Tombini.
Ele acrescentou que a "eficiência do sistema financeiro e a estabilidade do poder de compra da moeda são objetivos que caminham juntos".
O novo sistema de pagamentos ainda precisa de legislação específica, como antecipou a Folha.
De acordo com Bernardo, o texto está em discussão na Casa Civil e faz parte da estratégia da gestão Dilma Rousseff, de diminuir os custos das transações financeiras. A ideia, segundo ele, é que o texto seja encaminhado ao Congresso nos próximos dias.
"É uma necessidade. Precisamos reduzir os custos [das operações bancárias]", afirmou. Segundo o ministro, "as operadoras vão ganhar, os bancos vão ganhar, mas acho que o grande benefício será a redução do custo para o consumidor", defendeu.
EM DINHEIRO
O ministro destacou que a quantidade de pessoas que recebem salários e outros pagamentos em espécie no Brasil ainda é muito grande e não é exclusividade da classe de menor renda. "Nas classes A e B, 38% recebem seus pagamentos em dinheiro", disse.
A ideia é que as pessoas possam usar o celular para fazer transferências e pagamento. Haverá um limite que será regulamentado pelo Banco Central.
Bernardo defendeu como ponto importante para o avanço da ideia do Sistema de Pagamento Móvel uma total comunicação com os sistemas atuais, evitando que possa haver um modelo fechado, desenvolvido por determinados bancos ou operadores e que não se comunica com os outros existentes.
Beneficiários do Bolsa Família e aposentados do INSS serão um dos alvos do novo sistema.
A ministra Tereza Campello destacou que metade das famílias inscritas no Bolsa Família nunca tomou crédito junto a bancos. No entanto, elas já pediram dinheiro emprestado com amigos, família ou organizações religiosas.
O dado, segundo a ministra, faz parte de uma pesquisa feita pelo governo e mostra que o espaço criação de produtos e serviços voltados para essa população é vasto. No entanto, ela ressalta que é preciso "desenhar produtos para essa população" e, não, adaptar o que já existe no mercado.



Fonte: Folha de São Paulo

Proprietários de veículos tem até quarta-feira para pagar IPVA

Imagem: Internet

Atenção proprietário de veículos! O prazo para quitar a terceira parcela do Imposto sobre Propriedade de Veículos Automotores (IPVA) com placa de final 7 e 8 encerra nesta quarta-feira (31). O prazo também vale para o pagamento da segunda prestação dos automóveis com placa de final 9 e 0.
O pagamento pode ser feito em casas lotéricas, agências bancárias ou nos Postos Fiscais de Fronteira. Aqueles que perderam ou não receberam as vias de cobrança pelos correios podem fazer a impressão no site da Secretaria de Estado da Fazenda (www.sefaz.al.gov.br) ou através do link direto: http://apl03.sefaz.al.gov.br/ipvaonline/. Para obter a guia, basta informar os números do Renavam e da placa do veículo.
Vale lembrar que, além de não poder fazer o licenciamento anual, o automóvel com IPVA atrasado fica impedido de circular, sob pena de apreensão em operações promovidas pela Fazenda Estadual, pela Polícia Militar e por agentes de trânsito. Os veículos que recolhidos e que ficam a mais de 90 dias no depósito correm o risco de ir a leilão público.
O cálculo do IPVA é feito com base em estudos da Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas (Fipe) que apura o valor venal do veículo, preço de venda, sem considerar a valorização ou desvalorização do mercado.
Já a alíquota utilizada, que em Alagoas varia de 1 a 2,5%, é fixada por cada unidade federativa. Do total arrecadado com o pagamento do tributo, 50% é destinado ao governo estadual e a outra metade é encaminhada ao município onde o veículo foi emplacado.


Fonte: Assessoria / Mais. al

Governo libera salário de outubro na quarta-feira


O Governo de Alagoas, por meio da Secretaria de Estado da Fazenda (Sefaz), inicia, nesta quarta-feira (31), o pagamento dos servidores públicos estaduais, referente ao mês de outubro.
De acordo com o cronograma da Sefaz, no dia 31 de outubro estarão disponíveis em conta os salários dos servidores que estão inclusos na primeira faixa salarial – que recebem vencimentos até R$ 2.050. Essa faixa corresponde a cerca de 70% do total de servidores do Estado.
Já no dia 12 de novembro serão pagos os salários dos servidores da segunda faixa salarial, que recebem acima de R$ 2.050.




Fonte: Primeira Edição

Braskem lança portfólio de resinas com diferenciais competitivos e ambientais

Imagem: Internet
A Braskem, maior produtora de resinas das Américas e líder mundial na produção de biopolímeros, acaba de criar um selo para identificar as resinas que maximizam a competitividade de seus clientes e contribuem ao desenvolvimento sustentável. A família Braskem Maxio® identifica as resinas, dentro do seu portfólio, que oferecem melhor desempenho em suas aplicações por meio da possibilidade de redução de custos de produção, e por consequência dessa maior eficiência, proporcionam ganhos ambientais.


Os benefícios são obtidos graças à evolução contínua das resinas, preservando ou melhorando propriedades mecânicas, químicas e óticas de produtos acabados. Portanto, a nova família chega para possibilitar maior eficiência à cadeia do plástico e reduzir impacto ambiental no processo de transformação. A criação do selo está alinhada com a Visão 2020 da Braskem, de ser a líder mundial da química sustentável, tendo a inovação como um de seus pilares. Nessa fase inicial, 11 resinas de polipropileno e EVA farão parte desta família, com as seguintes melhorias de processamento:
Redução do consumo de energia: processamento a temperaturas mais baixas; aumento de produtividade na transformação: redução no ciclo produtivo e até eliminação de etapas produtivas; redução de peso: redução no uso de matéria-prima com a manutenção das propriedades estabelecidas para o produto final.
Com foco em garantir qualidade e desempenho, os produtos Braskem Maxio® possibilitarão maior eficiência no uso energético; ganhos financeiros, pelo melhor aproveitamento dos ativos; e ganhos econômicos, com a redução do custo de produção.
Para legitimar os benefícios mencionados, diversos testes foram realizados em clientes, com acompanhamentos de outras empresas para validação dos resultados, como por exemplo da metodologia e dos equipamentos de alta precisão validados pelo Instituto Mauá de Engenharia, de modo que os dados encontrados de fato capturassem condições reais de produção. Como exemplo, um dos casos formulados em um cliente de utilidade doméstica é apresentado, cujo ganho de competitividade foi alcançado ao mesmo tempo tanto pela redução de temperatura quanto pelo ciclo de produção:
Utilizando uma resina de polipropileno com índice de fluidez de 40g/10’ para injeção de um organizador transparente, com espessura de 1,47mm, o Cliente alcançou reduções de temperatura de injeção de 240°C para 200°C (economia de 0,08kW*h) e na sequência um aumento de produtividade de 1,52kg/min para 1,70kg/min com a redução do ciclo de injeção.
Em outras palavras, o ganho real foi de 12% de produtividade e de 40°C a menos de temperatura. Em termos de ganho final, a redução medida foi de 69kW*h/tonelada, ou seja, 8,9% de economia, e a peça final apresentou propriedade ótica superior à condição anterior, que, quando se procura transparência, é um atrativo desejável. 



Fonte: Mais.al

Troca de cartão causa longa fila no posto de atendimento da Transpal

Usuários enfrentam longa fila para
 troca de cartão (Fotos: Wallacy Bruno).
Uma longa fila se formou na manhã desta segunda-feira (29), no posto de atendimento da Transpal, localizado no bairro do Tabuleiro, parte alta de Maceió. Os passageiro especiais estão fazendo a troca do Cartão Eletrônico pelo Cartão Bem Legal. Cerca de 200 pessoas estão na fila aguardando atendimento.









Fonte: Mais.al

Ibama lança concurso com 108 vagas; salário de R$ 5,4 mil

Ibama lança novo edital de concurso público

O Instituto Brasileiro de Meio Ambiente e Recursos Naturais Renováveis (Ibama) lançou edital para preenchimento de 108 vagas de analista. O cargo exige formação superior em qualquer área, sendo o salário inicial de R$ 5.441,24 e jornada de trabalho de 40 horas semanais. Do total de chances, 94 são para Brasília e outras 14 para o Rio de Janeiro. 

As inscrições custam R$ 75 e estarão abertas entre os dias 5 e 26 de novembro pelo site do Centro de Seleção e de Promoção de Eventos Universidade de Brasília (Cespe/UnB). No dia 20 de janeiro de 2013 serão aplicadas provas objetivas e discursivas. Oito vagas são voltadas para portadores de necessidades especiais. 

Todos os concorrentes deverão ter conhecimentos em língua portuguesa, atualidades, ética no serviço público, noções de direito constitucional/administrativo e legislação do setor de meio ambiente. 

Conhecimentos 
De acordo com o tema de cargo escolhido, as disciplinas para estudo mudam. Candidatos ao Tema I - Licenciamento Ambiental terão de estudar disciplinas referentes à área como socioeconomia, infraestrutura e gestão ambiental. O Tema 2 - Monitoramento, Regulação, Controle, Fiscalização e Auditoria Ambiental pede conhecimentos em legislação da área, informática e raciocínio lógico. 

Por último, o Tema 3 - Gestão, Proteção e Controle da Qualidade Ambiental solicita conteúdo de língua inglesa, gestão de resíduos sólidos e substâncias perigosas, proteção da atmosfera, poluição sonora, remediação ambiental e dispersantes químicos, segurança química e noções de pedologia, fitossanidade, química ambiental e ecotoxicologia. As informações estão na página 184, da terceira seção do Diário Oficial da União (DOU). 

300 vagas
Está em curso outro certame do Ibama com 300 vagas para técnicos administrativos. As provas foram realizadas no último domingo (21/10) e já estão com os gabaritos publicados. no site do Cespe/UnB. 

A remuneração de R$ 1.489,52, além de gratificação de R$ 787,20 e auxílio alimentação de R$ 304. Para o Distrito Federal são cotadas 140 vagas. Outros 18 estados brasileiros também estão na lista: Acre (6), Alagoas (4), Amapá (3), Bahia (16), Ceará (10), Espírito Santo (1), Goiás (8), Mato Grosso do Sul (18), Pará (22), Paraíba (12), Paraná (3), Piauí (6), Rio de Janeiro (6), Rondônia (12), Roraima (10), Santa Catarina (10), São Paulo (3) e Tocantins (10). 


Fonte: Com agências

Moradora encontra filhote de jacaré na porta de sua casa em Stª Luzia do Norte

Animal filhote deve ser encaminhado ao Ibama/AL
Fato aconteceu em Santa Luzia do Norte. Acredita-se que animal seja proveniente de uma açude local


O fato inusitado aconteceu no final da noite deste domingo (28). Ao atender um chamado na porta de casa, a estudante Witala Barreto da Silva, se deparou com o réptil na porta de sua casa. 
“Foi um susto. Apesar de ser filhote ainda, é visível que ele já tem força para morder e machucar”, disse a moradora assustada. Ela disse acreditar que o animal veio de um açude que ficar por trás do conjunto habitacional onde mora. “Talvez ele tenha se perdido da mãe dele, e ela deve está por aí também, isso assusta”.
Os primos da moradora colocaram o animal em um recipiente e afirmaram que nesta manhã (29) iriam entrar em contato com o Instituto Brasileiro de Meio Ambiente e dos Recursos Renováveis (Ibama) em Alagoas.
“Vamos esperar que eles venham buscar o animal”, finalizou a estudante.



Fonte: Primeira Edição

Grupo "caça" Plutão para proteger espaçonave

Concepção artística mostra a sonda
 americana New Horizons, com Plutão ao fundo

Em julho de 2015, a sonda americana New Horizons passará zunindo pelas proximidades de Plutão e suas luas. A trajetória coloca a espaçonave a grande proximidade do planeta anão, para maximizar a qualidade das observações científicas. Mas e se houver um erro de cálculo na posição exata do astro? Pode dar zebra?
Por incrível que pareça, apesar de Plutão ter sido descoberto no longínquo ano de 1930, e ter sido alvo constante de observações desde então, essa é uma possibilidade. "Nas efemérides [plutonianas] há uma falta de confiabilidade muito grande", explica Roberto Vieira Martins, astrônomo do Observatório Nacional, no Rio de Janeiro. "Isso porque ninguém costuma corrigir os dados em função da refração [causada pela atmosfera]."
Para preencher essa lacuna, Vieira Martins e seus colegas fazem sistematicamente um esforço de monitorar Plutão e tentar executar essa correção apropriada dos dados, de forma a dar mais confiança às estimativas de posição e distância do planeta anão.
As medições são feitas nas ocasiões em que Plutão passa à frente de outra estrela mais distante. Ao acompanhar a variação de brilho e o sumiço temporário da estrela no céu, os pesquisadores conseguem dados importantes acerca da dinâmica do sistema plutoniano, que, além do planeta anão, inclui pelo menos quatro luas.
O trabalho, que até agora envolveu 151 noites de observação no Observatório Pico dos Dias, em Itajubá (MG), e mais 13 noites no telescópio de 2,2 metros do ESO (Observatório Europeu do Sul), compreendendo um período total de 17 anos, foi apresentado por Gustavo Benedetti-Rossi, também do ON, durante a 37ª Reunião Anual da Sociedade Astronômica Brasileira (SAB), em Águas de Lindoia (SP).
Monitorando com precisão e de forma sistemática possíveis interferências causadas pela atmosfera da Terra, ou mesmo interações entre Plutão e Caronte (a maior de suas luas), os pesquisadores brasileiros puderam "filtrar" os erros das observações, permitindo uma determinação mais precisa da posição do astro.
Além disso, os pesquisadores notaram uma possível (mas ainda não confirmada) variação periódica na posição de Plutão, que segue sem qualquer explicação. "Pode ser um efeito observacional [ou seja, algum erro que ainda não foi "filtrado" dos dados], pode ser um efeito real da dinâmica do sistema. Não sabemos", diz Vieira Martins.
De toda forma, quanto mais consistente for o cálculo da posição de Plutão, mais segurança ele trará para a New Horizons. É fato que a Nasa ligará os sensores da nave quando ela estiver se aproximando, a fim de fazer quaisquer correções de curso de última hora.
Contudo, melhorar os dados da órbita do planeta anão ajuda a dar a certeza de que a ligação programada dos sistemas a bordo não aconteça num ponto do voo em que a correção desejada já seria inviável.


Fonte: Folha Online

domingo, 28 de outubro de 2012

Foto antiga com 'homem-macaco do Brasil' faz sucesso na web

Foto com suposto homem-macaco
é um hit na internet (Foto: Imgur.com/Reprodução)

Uma foto em preto e branco de um casal e uma terceira pessoa, com o rosto lembrando um primata, e acompanhada da legenda "homem-macaco encontrado nas florestas do Brasil em 1937" está se espalhando na internet em sites como Reddit, Facebook e Imgur. O que move o viral é a questão: trata-se do elo perdido, ou simplesmente mais uma pegadinha?
No Reddit, site que reúne murais de discussão, são mais de 1,5 mil comentários desde o post original da imagem, há dois dias. Para alguns internautas, não passa de alguém fantasiado, com próteses no rosto.
As suspeitas que levam a crer em uma farsa recaem sobre a falta de pelos no rosto no homem-macaco, e sobre o fato de a estreia de Tarzan, o Homem-Macaco ter ocorrido cinco anos antes da data da foto, lançando, na opinião de alguns a ideia da montagem, ou de explorar a imagem de alguém com aparência de macaco. Para outros, poderia ser uma jogada publicitária.


Fonte: Terra

Obras no valor de R$ 122 milhões estão inacabadas

Estado não conclui Vale do Reginaldo, Arcebispado e II Centro de Saúde; somente uma tem previsão para terminar em dezembro


Em apenas três obras que ainda estão inconclusas, mais de R$ 122 milhões oriundos dos cofres do governo federal e do Estado: o Projeto Integrado de Urbanização do Vale do Reginaldo, a reforma do II Centro de Saúde de Maceió e a restauração do Arcebispado. Entre todas elas, apenas uma tem previsão de conclusão até o final do ano. As outras duas aguardam a revisão em seus projetos originais para, só então, voltarem a sair do papel.


No Projeto Integrado de Urbanização do Vale do Reginaldo, ao Estado caberia a missão de construir 1.500 apartamentos, creche, escola, posto de saúde, quadra de esporte, espaço cultural e centro comunitário. A proposta seria ideal, se não fosse o tempo tamanho de espera dos moradores que aguardam pela sua primeira casa própria. Anunciado ainda em 2007, prometendo beneficiar cerca de 30 mil pessoas, no local estão apenas alguns edifícios inacabados.

O valor que envolve o projeto inteiro está orçado em R$ 120 milhões, recursos oriundos Programa de Aceleração do Crescimento (PAC). Desse total, R$ 60 milhões seriam repassados ao Estado e, os outros R$ 60 milhões, à prefeitura. Ao Poder Executivo estadual, caberiam as edificações, tanto dos apartamentos, quanto dos demais prédios. Já o Município seria o responsável pela construção do eixo viário e pelas obras de saneamento básico. Mas, por enquanto, tudo está parado.

Ivanildo Wanderley continua morando em um barraco de lona do Reginaldo, enquanto o apartamento prometido a ele não fica pronto. “Essa construção abandonada é a maior falta de respeito ao dinheiro pblico. As autoridades preferem manter a comunidade nas barreiras, sob a ameaça de desabamento durante todos os invernos do que nos dar uma casa, disparou o desempregado.

O arcebispado 

A restauração do Arcebispado de Maceió, no centro da cidade, está paralisada desde fevereiro último. Um equívoco na elaboração da medida que deu início ao projeto incidiu no atraso da obra, que aguarda alteração do contrato inicial e reajuste no orçamento para voltar a ser executada.

Mais precisamente, a reforma começou em junho de 2010 e a entrega foi prometida para dezembro do ano seguinte. Entretanto, em 2011, as obras não seguiram no ritmo esperado pela Secretaria de Estado da Cultura e, há sete meses, nenhuma pedra, nenhuma pintura, nada tem sido feito no prédio. Quando for concluída a restauração, ele deverá abrigar um Museu para a Igreja Católica de Alagoas e uma Escola Diocesana de Artes e Ofícios.

E a situação da reforma está numa fase delicada. Em dezembro chega ao fim o convênio firmado entre o governo do Estado e o Ministério da Cultura e, para evitar que ele seja encerrado sem as obras estarem finalizadas, é preciso que haja um termo aditivo ao contrato.

O valor total da obra de restauro do Arcebispado de Maceió está orçada em R$ 1,1 milhão, sendo R$ 906 mil do Ministério da Cultura (MinC) e R$ 206 mil de contrapartida do Executivo de Alagoas.

O II Centro de Sade 

A reforma no II Centro de Saúde de Maceió, localizado no bairro do Poço, na Praça Maravilha, já completou dois anos. Contudo, é a única, dentre as três citadas nesta reportagem, que está em andamento. Ela foi orçada em R$ 800 mil, valor proveniente apenas do Tesouro estadual.

As obras na estrutura física que sustenta o prédio já foram concluídas, entretanto, os trabalhos seguem com os serviços de colocação de piso, pintura, instalação de elevador e acabamento. São mais de 10 homens trabalhando para cumprir o prazo determinado pela Secretaria de Estado da Sade: dezembro deste ano.

Iniciada em meados do ano de 2010 e com previsão de apenas 180 dias, a reforma está se arrastando por tanto tempo porque o projeto original foi modificado para readequações na planta arquitetônica.

Quando estiver pronta, a unidade de saúde vai ampliar sua prestação de serviços. Ela se transformará num Centro de Especialidades e vai ofertar à população consultórios, laboratório de patologias e salas de pequenas cirurgias instaladas em uma área de mais de 1.400 metros quadrados.

Os atendimentos serão nas áreas de mastologia, geriatria, ortopedia, psicologia, cardiologia, ginecologia, oftalmologia, dermatologia, entre outras. Haverá ainda uma equipe multidisciplinar composta por assistente social, psicóloga, nutricionista e fonoaudióloga.

O que dizem as autoridades responsáveis 

A Secretaria de Estado de Infraestrutura, responsável pelas obras no Vale do Reginaldo, justificou a motivação das obras paralisadas: ‘elas foram interrompidas por questões técnicas, pois houve a necessidade de adequações nos projetos iniciais, que ainda não foram aprovadas pela Caixa Econômica Federal. O maior problema desta obra foi a divisão de responsabilidades entre os governos estadual e municipal, por se tratar de um projeto integrado, modelo que vem sendo rejeitado, inclusive, pelo Ministério das Cidades, pois não está tendo bons resultados nos estados onde foi adotado’, explicou, em nota, o órgão.

“A perspectiva é de que o assunto seja discutido com a nova gestão da Prefeitura, a fim de tomar as decisões, retomar as obras e resolver todos os problemas o mais breve possível”, diz outro trecho da nota.

A Secult também explicou o que motivara a paralisação da revitalização do Arcebispado de Maceió: “90% da obra de restauro já foi realizada, o restante está sendo discutido, pois é necessário um aditivo de prazo e preço, pois obras de restauração são muito complexas e surgem imprevistos típicos deste tipo de reforma, exigindo adequações para que a obra seja concluída”, informou a assessoria de comunicação da Secretaria.

Ainda segundo a pasta, estão sendo esperados ‘pareceres técnicos do Serviço de Engenharia do Estado de Alagoas S/A (Serveal), da Coordenadoria Especial de Licitação de Obras (Celo da Secretaria de Infraestrutura (Seinfra) e da Procuradoria-Geral do Estado de Alagoas (PGE/AL) para que o novo projeto seja reenviado ao governo federal.

Para as obras de restauro, o orçamento elaborado e aprovado em 2008 foi no valor de R$ 1,5 milhão, com recursos do Executivo e do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan), este último, ligado ao Ministério da Cultura. A participação fiscal do MinC na restauração chega a 85% dos recursos totais.

E a Secretaria de Estado da Saúde (Sesau) também se pronunciou sobre as obras de reforma e ampliação do II Centro de Saúde. O órgão garantiu que os serviços serão finalizados até dezembro próximo.

Ele ainda justificou a demora na execução dos serviços: “a demora na conclusão dos trabalhos aconteceu em razão da reformulação do projeto arquitetônico do prédio, que será transformado em um Centro de Especialidades Médicas, com investimentos do Tesouro Estadual, da ordem de R$ 800 mil, explicou em nota, a Sesau.

“A Sesau salienta que, após ser concluída, a obra irá qualificar o atendimento aos usuários do Sistema Único de Saúde (SUS), já que estão sendo realizadas melhorias no sistema elétrico e hidráulico, climatização, troca do revestimento das paredes, piso e teto, além da acessibilidade para pessoas com deficiência. Com isso, serão disponibilizados consultórios modernos, laboratório de patologia clínica e salas de pequenas cirurgias, instaladas em uma área superior a 1.400 metros quadrados”, explicou a Secretaria.

O II Centro de Sade foi inaugurado em 1959 e, desde então, não havia passado por nenhuma grande reforma. Desde o início das obras, em 2010, o atendimento médico foi transferido para o ambulatório do Hospital Geral do Estado (antigo I Centro de Saúde), localizado na Praça das Graças, no bairro da Levada.




Fonte: Gazetaweb