quinta-feira, 1 de novembro de 2012

Milhares de pessoas celebrarão os 25 anos de Romaria da Terra e das Águas de Alagoas


Nos dias 3 e 4 de novembro de 2012, a Serra da Barriga, em União dos Palmares/AL, será o palco da celebração dos 25 anos de Romaria da Terra e das Águas de Alagoas. Mais de 4 mil romeiros e romeiras são esperados nesta manifestação de fé e resistência em defesa dos povos da Terra. “São 25 anos de caminhada, lutas, quedas e muitas vitórias num percurso que começou em 1988, na Serra da Barriga e já percorreu tantos lugares de Alagoas. Este ano vamos retornar a fonte, beber da água da liberdade na Terra de Zumbi, fortalecendo a luta por Terra e Justiça”, relembra o arcebispo Metropolitano de Maceió, Dom Antônio Muniz Fernandes.

A concentração será às 20h no Sítio Recanto, lugar tradicional de partida das Romarias, localizado na subida da Serra da Barriga. Na ocasião, estão programadas apresentações culturais de grupos locais, como a Banda Afro da comunidade rural de União dos Palmares, Santa Fé, e o grupo Jeito Novo de Louvar, da comunidade rural de Pindoba/Talhada. À 00h terá início a Santa Missa, que será celebrada pelo Arcebispo de Maceió, Dom Antônio Muniz. Após a Missa, será feito a leitura de um cordel que traz a memória destes 25 anos de Romaria em Alagoas, seguida de uma reflexão sobre o compromisso dos povos com a Terra, feita pelo Grupo Juventude Camponesa.

Por volta das 2h, as romeiras e romeiros começarão a subida da Serra da Barriga. Antes de chegar ao topo, está programada uma parada, onde os participantes farão uma reflexão sobre Justiça e onde todos e todas serão convidados a ficarem descalços, em referência à passagem bíblica “Tire as sandálias dos péspois o lugar em que você está é terra santa" (Ex 3:5). Em seguida, o público seguirá rumo ao platô da serra, onde será realizada mais uma reflexão, desta vez sobre a liberdade, fazendo a relação entre a luta dos negros a luta do povo sem terra. Ainda no dia 03, às 22h, está programado o show do artista popular, cantor das lutas pela terra, Zé Pinto. Ao final da Romaria, no amanhecer do dia 04 de novembro, será ofertado um café da manhã, com beiju, tapioca, chás e produtos da agricultura camponesa. Haverá a benção dos alimentos seguida da distribuição e partilha entre os romeiros e romeiras.

A 25ª edição da Romaria da Terra e das Águas de Alagoas é organizada pela Comissão Pastoral da Terra, em conjunto com a Paróquia Nossa Senhora da Conceição, a Paróquia Santa Maria Madalena, de União dos Palmares, a Paróquia São Sebastião de Ibateguara, Paroquia Nossa Senhora da Glória, de Porto de Pedras e as Comunidades Eclesiais de Base (CEBs).

Para custear os gastos da Romaria, será sorteada uma moto Shineray. O valor da rifa será de apenas 5 (cinco) reais e poderá ser adquirida na sede da CPT (contatos seguem abaixo), na Paróquia Santa Maria Madalena, em União dos Palmares ou até mesmo durante a Romaria. O sorteio será realizado por volta das 5h, do dia 04 de novembro.

Dom Muniz convoca arquidiocese para participar da 25ª Romaria da Terra
O arcebispo Metropolitano de Maceió, Dom Antônio Muniz Fernandes divulgou uma carta enaltecendo a celebração da Romaria da Terra e das Águas de Alagoas e animando a participação da população para a mobilização. “Vocês, religiosos, padres, comunidades, movimentos, pastorais, gente de boa vontade, que acreditam no mesmo sonho de Deus, cantado pelo profeta Isaías (Is 66, 17 – 25) venham com alegria, muita fé e disposição celebrar conosco”, ressaltou.

Na carta, o arcebispo destacou ainda que “A Romaria é anúncio do Reino e denúncia das injustiças, é a voz que se levanta contra a concentração da terra – que em Alagoas é tão marcante, tão mal repartida – que reclama contra as mortes de lideranças e camponeses e camponesas, é espaço de memória e de resistência de um povo que teima em continuar lutando por uma terra sem males”.



25 anos de manifestação de fé e resistência em defesa dos povos da Terra e das Águas

No estado de Alagoas, as Romarias da Terra começaram na Serra da Barriga, sempre no dia 13 de dezembro – dia dedicado a Santa Luzia, a santa da visão, pela qual os camponeses e camponesas tem profunda devoção. “Era o momento em que uniam-se a fé em Santa Luzia e a luta dos quilombos dos Palmares”, comenta Carlos Lima, coordenador Regional da CPT. A primeira Romaria aconteceu em 1988, denominada “Romaria na Terra de Zumbi”, tinha como lema: “Terra Mãe, Filhos Livres”. Nos doze anos seguintes, a Romaria aconteceu sempre no dia 13 de dezembro e o local, a Serra da Barriga.

Em 2000 a Romaria assumiu um novo formato: passou a ser itinerante, acontecendo aos finais de semana e em noite de lua cheia, começando no sábado a noite e terminando nas primeiras horas do domingo. A primeira Romaria itinerante aconteceu nos dias 11 e 12 de novembro de 2000, saindo das redondezas da Fazenda Flor do Bosque até a cidade de Messias, com o tema: “Conquistar a terra, Multiplicar o pão”. Esta Romaria teve o objetivo de fortalecer a luta das famílias sem terra que ocuparam em novembro de 1997 a fazenda Flor do Bosque. A área foi o primeiro latifúndio ocupado em Messias e a primeira a ser acompanhada pela CPT.

A mudança de local e data fortaleceu as Romarias e criou possibilidades de visibilizar as lutas dos acampados(as) e assentados(as), denunciar as violências, os assassinatos e juntar a pratica das lutas com a fé. “Na celebração dos 20 anos de Romaria, decidimos voltar à Serra da Barriga, para reabastecermos com a primeira fonte, beber da água do solo sagrado da Serra da Barriga, ficando o compromisso que este retorno se daria há cada 5 anos” relembra Carlos Lima. A 20ª Romaria aconteceu nos dias 24 e 25 de novembro de 2007, com o tema: “Da conquista da Serra à luta pela terra”

Carlos Lima ressalta ainda que uma Romaria que merece destaque foi a realizada em 2009 Maceió, na capital do estado, o tema era “Do êxodo rural à periferia da capital”. “Esta Romaria fez uma relação entre as pessoas que vivem de forma precária nas periferias de Maceió, com o êxodo rural, especialmente no final da década de 80 e 90, quando as usinas de cana de açúcar destruíram 50 mil moradias no interior do estado.


Serviço:
O que: 25 Romaria da Terra e das Águias de Alagoas
Quando: Dias 03 e 04 de novembro de 2012
Onde: Serra da Barriga - União dos Palmares/AL


Outras informações:
Carlos Lima
Fone: (82) 9137. 6112
Heloísa Amaral
Fone: (82) 9341.4025




Fonte: Assessoria

Nenhum comentário:

Postar um comentário